Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LEYA BIS – LIVROS DE BOLSO

LIVROS DE BOLSO DA COLECÇÃO BIS

LEYA BIS – LIVROS DE BOLSO

LIVROS DE BOLSO DA COLECÇÃO BIS

ESCOLA DE SAMBA HOMENAGEIA A VIDA E OBRA DE JORGE AMADO NO CENTENÁRIO DO SEU NASCIMENTO

Para comemorar o centenário do nascimento de um dos maiores nomes da literatura brasileira e lusófona, a escola de samba Imperatriz Leopoldinense revelou que o enredo do desfile de Carnaval de 2012 será baseado na vida e obra de Jorge Amado.

O anúncio foi feito esta semana após reunião entre o presidente da Imperatriz Leopoldinense, Luiz Pacheco Drummond, e o carnavalesco Max Lopes com Paloma e Cecília Amado, filha e neta de Jorge Amado, tendo sido também revelado que o título do enredo será “Jorge, Amado Jorge”.

“A Imperatriz escolheu um grande enredo. Trata-se de uma pessoa importantíssima para a cultura brasileira e um grande homem. Enredos que homenageiam grandes figuras sempre dão grandes desfiles”, declarou Max Lopes .

Jorge Amado nasceu a 10 de agosto de 1912, na fazenda Auricídia, no distrito de Ferradas, a sul do estado da Bahia. Fez os estudos universitários na Faculdade de Direito, no Rio de Janeiro, onde fez o bacharelato em Ciências Jurídicas e Sociais (1935), não tendo, porém, exercido a advocacia. Passou pela política, chegou a fazer parte da Assembleia Nacional Constituinte, tendo sido o deputado federal mais votado no estado de São Paulo. De 1947 a 1950 viveu, como exilado político, em França. A partir de 1955, já de novo no Brasil, dedicou-se inteiramente à literatura. Da sua extensa e importante obra, destacam-se os romances: O País do Carnaval (1931); Cacau (1933); Suor (1934); Jubiabá (1935); Mar Morto (1936); Capitães de Areia (1937); Terras do sem Fim (1943); São Jorge dos Ilhéus (1944); Seara Vermelha (1946); Os Subterrâneos da Liberdade (1954); Gabriela, Cravo e Canela (1958); A Morte e a Morte de Quincas Berro d’Água (1961); Os Velhos Marinheiros ou o Capitão de Longo Curso (1961); Os Pastores da Noite (1964); Dona Flor e seus Dois Maridos (1966); Tenda dos Milagres (1969); Tereza Batista Cansada de Guerra (1972); Tieta do Agreste (1977); Farda, Fardão, Camisola de Dormir (1979); Tocaia Grande (1984); O Sumiço da Santa (1988). Na BIS está também publicada a obra infantil O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, com ilustrações de Carybé. Faleceu em Salvador a 6 de agosto de 2001.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D