Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LEYA BIS – LIVROS DE BOLSO

LIVROS DE BOLSO DA COLECÇÃO BIS

LEYA BIS – LIVROS DE BOLSO

LIVROS DE BOLSO DA COLECÇÃO BIS

Debate "A Crise e Cada um de Nós", com Daniel Sampaio


O debate que é necessário

 

Sobre a crise, há os especialistas, que falam, falam, falam.

E nós, cada um de nós, que a sofre no dia a dia? Como é a crise para nós?

É isto que é necessário debater. E vamos fazê-lo com quem nos conhece no dia a dia, e que, pela sua especialidade e profissão, é connosco que fala, e não com os números que nós não somos.


Esse debate será no próximo dia 4 de Dezembro, quarta-feira, às 18.30 no Restaurante, 7º andar do Corte Inglês


Participam

Daniel Sampaio

É professor catedrático de Psiquiatria e trabalha no Hospital de Santa Maria em Lisboa. É autor de vários livros com grande aceitação do público, nos quais tem dado especial atenção aos comportamentos de risco na adolescência e às questões da escola. O seu último livro tem precisamente como titulo Diário dos Tempos de Crise

 

Luís Nunes

Médico, trabalhou em vários hospitais e centros de saúde. É também Professor de Educação Física tendo sido regente da cadeira de Teoria e Metodologia do Treino Desportivo no Instituto Superior de Educação Física de Lisboa. Tem várias obras publicadas e publicará em breve O Bem-estar, a qualidade de vida e saúde dos Idosos

 

João Goulão

Médico, com mais de duas décadas de experiência na prevenção e tratamento da toxicodependência. Foi um dos membros da comissão que propôs a primeira estratégia nacional na luta contra a droga (juntamente com Daniel Sampaio). Para além de outros cargos que desempenhou, é atualmente diretor-geral do SICAD (Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências) e Presidente do Conselho de Administração do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência desde 2010.


Hunter Halder

Licenciado em História e Geografia pela East Carolina University in Greenville, Carolina do Norte, EUA. Desempenhou várias profissões até que, em 2011, lançou em Lisboa um projecto eco-humanitário Re-food, que consiste na recolha de sobras de alimentos de restaurantes para as entregar a famílias carenciadas. Actualmente apoiam diariamente 550 pessoas através do trabalho de 700 voluntários e a colaboração de 244 fontes de alimentos. Com três núcleos já em operação, vão abrir mais 24 novos núcleos até ao fim de 2014, com o objectivo de tornar Lisboa na primeira cidade do mundo sem desperdício alimentar e sem fome urbana.

 

O Debate será moderado pela jornalista da RTP Maria Flor Pedroso.

 

Venha debater a experiência dos outros e falar da sua.

Obra de José Saramago em exposição no Metro de São Paulo

O metro de São Paulo recebe até dia 30 de novembro uma exposição em homenagem a José Saramago e aos 20 anos do Festival Sete Sóis Sete Luas, lançado originalmente por um grupo de estudantes italianos.

Na mostra, há o histórico do festival e um pouco da biografia e fotos do Prémio Nobel de Literatura, que podem ser apreciados pelos cerca de 60 mil passageiros que passam diariamente pela estação Corinthians-Itaquera, onde o material está exposto.

Também não faltam referéncias às personagens Baltasar Sete Sóis e Blimunda Sete Luas, do livro Memorial do Convento, de Saramago, que inspiraram o nome do festival e o seu símbolo, a passarola.

A primeira aeronave a conseguir levantar voo que, no livro, é construída pelas personagens, numa recriação do feito de Bartolomeu de Gusmão, representa "uma metáfora dos sonhos e da liberdade utópica", segundo os organizadores do festival.

Na exposição está também a reprodução de 18 cartazes e manifestos produzidos para o Festival Sete Sóis Sete Luas por diversos artistas, inclusive o de 2013, desenhado pelo italiano Ugo Nespolo.

Estão ainda disponíveis reproduções de cartas trocadas por Saramago e pelo diretor do evento, o italiano Marco Abbondanza. "À minha vida não têm faltado prémios, mas nenhum como este", escreveu o Prémio Nobel sobre o festival.

A mostra, feita com apoio dos Correios, decorre no mês em que o Brasil recebe a 21.ª edição do Festival Sete Sóis Sete Luas, entre 14 e 16 de novembro, nas cidades de Aquiraz e Pacatuba, no Ceará.

Homenagem a José Saramago em Díli

O escritor português José Saramago, vencedor do prémio Nobel de Literatura em 1998, será homenageado na Fundação Oriente em Díli, Timor-Leste, nos dias 16 e 23 de novembro, com o apoio do Instituto Camões.
A 16 de novembro de 2013, data em que José Saramago faria 91 anos, será organizado um evento de homenagem com a projeção da curta-metragem A Maior Flor do Mundo, seguida pela leitura de excertos de José Saramago e por um momento musical. O dia termina com a exibição do documentário José & Pilar, de Miguel Gonçalves Mendes.
A programação continua na semana seguinte, a 23 de novembro, com mais leituras, um concerto da Escola Portuguesa Ruy Cinatti e a projeção do filme Ensaio sobre a Cegueira, de Fernando Meireles, adaptado da obra homónima de Saramago.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D