Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LEYA BIS – LIVROS DE BOLSO

LIVROS DE BOLSO DA COLECÇÃO BIS

LEYA BIS – LIVROS DE BOLSO

LIVROS DE BOLSO DA COLECÇÃO BIS

PERSONAGENS DE JOSÉ SARAMAGO INVADEM AS RUAS DE PENAFIEL NO ESCRITARIA 2009

As personagens dos romances de José Saramago vão invadir as ruas de Penafiel a partir de quinta-feira, no âmbito do festival Escritaria 2009, que se realiza até 28 de Outubro.

O programa do festival inclui o lançamento mundial do novo livro de José Saramago, Caim, marcado para domingo, no Museu Municipal de Penafiel, assim como o anúncio do vencedor do Prémio Literário José Saramago.

O Escritaria 2009 contempla um vasto conjunto de iniciativas de reflexão e debate sobre a importância literária do autor de Memorial do Convento e de divulgação da escrita de José Saramago, organizadas pela Câmara de Penafiel em parceria com a Edições Cão Menor.
Manuel Andrade, da organização do festival, referiu que um dos objectivos deste evento consiste em “contaminar a cidade com aforismos, frases soltas, referências históricas, cosmogonias literárias, imagens e obras plásticas que remetam para o peculiar universo de
José Saramago”.

No programa está também o colóquio internacional do Escritaria, a 17 e 18 de Outubro, onde várias personalidades nacionais e estrangeiras se propõem analisar e celebrar o percurso do Nobel da Literatura de 1998.

Entre os convidados estão o cineasta brasileiro Fernando Meireles, realizador de Ensaio sobre a Cegueira; Fernando Gómez, comissário da exposição “José Saramago: A Consistência dos Sonhos”; os escritores Laura Restrepo e Miguel Real; o arquitecto José Joaquín Parra, autor da obra Pensamiento Arquitectonico en la Obra de Jose Saramago: Acerca de la Arquitectura de la Casa, entre outros.

A 16 de Outubro, um dia antes do início do colóquio, está previsto o anúncio do vencedor da sexta edição do Prémio Literário José Saramago, galardão bienal instituído pela Fundação Círculo de Leitores, com a presença do escritor português. O prémio, no valor de 25 mil euros, distingue uma obra literária no domínio da ficção, romance ou novela, escrita em língua portuguesa por um escritor com idade não superior a 35 anos.

O Escritaria 2009 apresenta um programa que, além da literatura, abrange vários domínios da intervenção artística, destacando-se a do cinema, onde está previsto o pré-lançamento do documentário José Saramago, da autoria de António Castanheira.

Manuel Andrade destacou o projecto “Cidade das Personagens”, com o qual sete jovens arquitectos da geração de 70, pertencentes aos ateliers Embaixada e Irmãos Aires Mateus, homenageiam o autor de O Ano da Morte de Ricardo Reis.

A “Cidade das Personagens” vai disseminar por Penafiel instalações reproduzindo alguns dos mais emblemáticos protagonistas dos romances de José Saramago.

Blimunda de Jesus, de Memorial do Convento, Ricardo Reis de O Ano da Morte de Ricardo Reis, Cão Ardent Constante de A Jangada de Pedra, Jesus Cristo de Evangelho segundo Jesus Cristo, A Mulher do Médico de Ensaio sobre a Cegueira, Tertuliano Máximo Afonso de O Homem Duplicado e Elefante Salomão de A Viagem do Elefante são os personagens escolhidos.

O desenho das sete personagens está a cargo dos jovens arquitectos que também têm a incumbência de escolher os locais onde vão ser colocadas as instalações, que permanecerão perenemente nas ruas da cidade.

O programa prevê ainda a exibição do filme de animação A Maior Flor do Mundo, baseado num conto infantil do escritor, e da longa-metragem Ensaio sobre a Cegueira, do brasileiro Fernando Meirelles, baseado no romance homónimo do Nobel da Literatura.

Nas artes do palco, a companhia Éter apresentará a peça Memorial do Convento, enquanto na música, está prevista a interpretação de um excerto da ópera Blimunda, de Ázio Corghi, baseada na mesma obra, pela Orquestra do Norte, dirigida pelo maestro Ferreira Lobo. O programa do Escritaria 2009 contempla também Arte de Rua, assim com outras acções como a “Escritaria no Caminho”, ou seja, frases do autor pintadas na estrada, o “Labirinto”, uma instalação tridimensional a partir da obra do escritor, ou “Paredes de Papel”, jornais de parede com crónicas jornalísticas do autor, entre outras.

(LUSA)

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D