Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LEYA BIS – LIVROS DE BOLSO

LIVROS DE BOLSO DA COLECÇÃO BIS

LEYA BIS – LIVROS DE BOLSO

LIVROS DE BOLSO DA COLECÇÃO BIS

ESPECTÁCULO BRASILEIRO CONTA HISTÓRIA DO PADRE ANTÓNIO VIEIRA

Está em cartaz no Brasil, Theatro Santa Roza, em João Pessoa, até ao dia 15 de Novembro, o espectáculo Os Sete Mares de António, de Tarcísio Pereira. A peça conta a história da vida e obra do padre António Vieira, escritor sacro-barroco do século XVII que até hoje é uma grande referência da literatura luso-brasileira, em virtude dos célebres Sermões que deixou escritos para a posteridade.

Durante toda a sua vida, o padre António Vieira fez diversas viagens entre Portugal e Brasil. Especialmente nas regiões Norte-Nordeste do Brasil, ele lutou em defesa dos indígenas e contra a escravatura negra, o que o levou a ser perseguido e expulso várias vezes do Brasil. Em Portugal, lutou em favor dos judeus convertidos ao catolicismo, os chamados cristãos-novos, o que também o levou a ser perseguido pelo próprio Clero, sendo denunciado ao Tribunal do Santo Ofício, julgado e condenado ao silêncio.

Tarcísio Pereira, autor e director da peça, explica que escreveu o texto em virtude das comemorações dos 400 anos de nascimento do famoso jesuíta lançadas em 2008 com festividades no Brasil e na Europa. Com esse texto, totalmente escrito em versos, Tarcísio foi finalista do Prémio Luso-Brasileiro de Dramaturgia, promovido no ano passado pela Funarte (Brasil) e Instituto Camões (Portugal). Além de figurar entre os quatro melhores textos brasileiros sobre o padre António Vieira, a peça ganhou o Prémio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2008.

“Portanto, a gente já estreia essa peça carregando dois importantes prémios, e a nossa esperança é que o espectáculo esteja realmente à altura desses prémios e venha agradar ao público”, explica o autor.

Com uma banda sonora original, composta por músicas do maestro e compositor Eli-Eri Moura, o espectáculo tem apenas três actores em cena: Flávio Melo (no papel do padre António Vieira), Sidney Costa (um cantor brasileiro), e Neuri Mossmann (um trovador português). Os dois últimos, com versos em cordel e trovas portuguesas, narram e interpretam dezenas de personagens que passaram pela biografia do pregador. Flávio Melo, além de dialogar com os dois, pronuncia excertos de vários sermões de Vieira.

Segundo Tarcísio, “a ideia foi a de compor uma peça, em versos rimados, dividida em sete quadros. Dizem que o sete é número cabalístico – mas, não por acaso, foi também o número de viagens empreendidas pelo padre António Vieira de Portugal ao Brasil e vice-versa. A peça, assim, está dividida em sete quadros que chamamos de ‘mares’, pois a história se concentra nos acontecimentos das sete viagens feitas por ele. Foi a maneira encontrada para melhor organizar essa biografia em género dramático”.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D